Em destaque

Nossa História

A CoMPaz é uma Comunidade Kilombola Espiritual, Ecológica, Sustentável, fundada em 2003 por mulheres e homens que migraram da região metropolitana de Porto Alegre para a área rural do Distrito de Vendinha, no município de Triunfo/RS, com o intuito de promover a sustentabilidade ambiental como caminho para uma melhor qualidade de vida. A CoMPaz foi reconhecida Kilombola pela Fundação Cultural Palmares, conforme publicação no Diário Oficial da União de 20.05.2016, Portaria no.104 de 16.05.16. O Kilombo realiza um trabalho de recuperação da sabedoria ancestral africana e afro-brasileira, e nesse momento percebe a necessidade de sistematizar toda essa gama de saberem amealhados nessa caminhada para prosseguir a sua missão comunitária.

É um território negro feminino, pois a grande maioria das moradoras são mulheres que salvaguardam a cultura matricial de seu povo. Suas histórias de vida subvertem uma memória histórica de discriminação em função de raça, gênero e classe social porque em seu território reconstroem essa memória a partir das atividades de cuidado que pauta sua organização, suas estratégias educativas e de sustentabilidade.

Como modo de fazer-se presente nas discussões e práticas políticas referente às comunidades kilombolas, a CoMPaz possui representação no Conselho de Desenvolvimento e Participação da População Negra do Rio Grande do Sul  (CODENE), representando os kilombolas e as populações negras de Triunfo. Trata-se de um espaço político no qual as demandas e as questões Kilombolas e da população negra são levadas para dialogar conjuntamente sobre os encaminhamentos de tais questões. O CODENE é um espaço que permite o encontro com outros povos kilombolas e, nesse sentido, possibilita preservar e fortalecer mutuamente a fonte sagrada de sua ancestralidade e o agir político.

Atualmente a CoMPaz desenvolve os seguintes projetos:

  • Omorodê Ponto de Cultura da Infância tem como eixo a etnoludicidade e o brincar em comunidade, recuperando a harmonia e a integração entre anciões e crianças. No ponto de cultura temos três ações principais:  a Colônia de férias, a Cadeira de Leitura e o Brincando CoMPaz. A Colônia é um evento voltado para a infância e a juventude, onde a comunidade disponibiliza vivências e oficinas para a que tenham uma experiência prática do jeito de ser e viver dentro de uma comunidade Kilombola; a Cadeira de Leitura é um evento para desenvolver o gosto das crianças e jovens pela leitura e pela cotação de história; e, por fim, o Brincando CoMPaz é um momento que trazemos as brincadeiras tradicionais Kilombolas paras as escolas.
  • Ipadê da Juventude, projeto voltado às atividades culturais e educacionais com os jovens do kilombo e seu entorno. O Ipadê da Juventude é dedicado aos adolescentes para fomentar diálogos e vivências que conectem os saberes tradicionais às linguagens tecnológicas e contemporâneas dos jovens.

Das ações que visam a sustentabilidade do território, destacamos:

  • Oju Ayie, projeto voltado ao cultivo agroecológico e agroflorestal dentro do kilombo;
  • Oju Omio lle, projeto voltado ao saneamento ecológico comunitário;
  • Uciriri Construindo juntos, tendo como foco o desenvolvimento de técnicas de bioconstrução;
  • O Apoiwa CoMPaz é o braço empreendedor comunitário, presente nas feiras dentro e fora do território CoMPaz, onde são oferecidos produtos artesanais do kilombo, como brinquedos, roupas e alimentos.

Das vivências ritualísticas que ocorrem na CoMPaz destacamos:

  • Labirinto dos 7 caminhos, voltado ao autoconhecimento;
  • Terreiro de Chão Batido, celebração da força ancestral dos povos originários;
  • Okan llu, voltada a celebração da divindade Ayan, que rege o som e a musicalidade;
  • Vivência Kilombola, onde ocorre a partilha de saberes e fazeres com escolas das regiões metropolitanas.

Esses projetos têm como fio condutor a Pedagogia do Encantamento e Ekonomia do Afeto. Essas denominações referem-se ao modo como os adultos se educam e educam as crianças e os jovens no território, aos princípios pedagógicos que regem as práticas educativas e ao modo como organizam as estratégias de sustentabilidade da CoMPaz.

Inscrição Para a Colônia de Férias Curumim-Omadê e Ipadê da Juventude

 

Namastê Odirè, abaixo colocamos a ficha de inscrição para a colônia de férias e ipadê da Juventude. Pedimos para que nos enviem as fichas preenchidas para o email coloniaeipade@gmail.com

FICHAINSCRICAOColiniaeIpade

Axé! Chuva de Luz!

Campanha Ipèléjó – Muzunguê

Namastê Odirè!
Queridas(os) amigas(os) da Comunidade Morada da Paz, a Campanha Ipèléjò para a reforma do nosso Templo foi um sucesso e, com a força e união de todos, conseguimos terminá-lo na manhã do dia do Muzunguê das Yamis. Foi uma emoção enorme e o prazo dado pelo nosso Pai e nossa Mãe atendido. Ufa….. Foi um Muzunguê de muita celebração, muita luz e amor gerado por todos os presentes, visíveis e invíseis!!!!
Agora viemos mais uma vez às(aos) nossas(os) irmãs(ãos) e amigas(os) para a Campanha Ipèléjò de louças e utensílios para preparar e servir os alimentos dos ritos do Muzunguê. Com o passar do tempo as louças foram quebrando e não pudemos repor. Ipèléjò em Yorubá significa “ação em grupo”.

Abaixo listamos o que precisamos e nas fotos as sugestões.

Colheres de sopa
Cumbuca pequena de sopa de porcelana
Xícaras de vidro/porcelana médias
Bandejas com laterais
Garrafas térmicas
Jarra de vidro
Copo 45ml
Colher de pau grande
Bacia de inox grande
Liquidificador 220V

Caso você tenha interesse em participar desta campanha, poderá contribuir doando algum dos itens da lista ou em depósito na conta:
Banco SICRED (nº 748) em nome da Comunidade Morada da Paz
CNPJ 006.242.174/0001-47
Agencia 0119 Conta Corrente 96737-8
Pedimos por gentileza que os depósitos sejam feitos identificados.

Campanha Ipèléjó – Templo

Namastê Odirè!

Em tempos difíceis vamos nos manter em oração pela paz no mundo. Enquanto rezamos seguimos firmes trabalhando na restauração do nosso Templo. E seguimos contando com a colaboração de todos e todas para que até maio, no próximo Muzunguê de Nossas Mães Velhas (Yamis), nosso templo esteja pronto. Deposite o que você puder até 30/04/2017!

Para qualquer doação em quantia:

Banco SICREDI (n. 748)
Em nome de Comunidade Morada da Paz
CNPJ: 06242174/0001-47
Agência: 0119
Conta corrente: 96737-8

Por gentileza identificar o depósito.
Gratidão pela disponibilidade!
Abraços e chuva de luz!
CoMPaz⁠⁠⁠⁠

 

 

Campanha Ipèléjó – Templo

Namastê Odirè!

Queridas e queridos amigos, trazemos mais notícias sobre a Campanha Ipèléjó e sobre as reformas no nosso Templo. Somos profundamente gratas e gratos pelo auxílio que muitos de vocês nos deram através das doações. Essas ações são exemplos da força da unidade, da fé e da solidariedade que nos aproxima.

As obras estão em andamento apressado, pois o Templo precisa estar pronto para receber todas e todos no Muzunguê das Yamis, as mães ancestrais, no mês de Maio.

Continuamos recebendo doações, daquelas pessoas que assim desejarem fazer, até o dia 30 de abril. Nos será de grande ajuda para concluirmos as obras.

Mais uma vez, gratidão a todas e todos aqueles que contribuíram.

SOMOS UM!

Chuva de Luz!

Campanha Ipèléjó – Templo

Namastê Odirè!
Recentemente, ao iniciar o processo de reconstrução do templo, buscamos uma avaliação orçamentária nas madeireiras mais próximas ao nosso território. Já recebemos algumas doações e somos muito gratas e gratos pela força da unidade que a Campanha Ipèléjó tem nos propiciado!
Segue a conta para depósito:
Banco Sicredi – 748
Conta: 96737-8
Agência: 0119
CNPJ: 062421740001-47.
Comunidade Morada da Paz.
Por gentileza identificar o depósito.
Gratidão pela disponibilidade!
Abraços e chuva de luz!
Povo CoMPaz

Morada da Paz na Ocupação Mulheres Mirabal

Namastê Odirè!

É com muita alegria e gratidão que apresentamos algumas fotos de nosso encontro na Ocupação Mulheres Mirabal. Foi um momento lindo de compartilhamento de experiências, de fortalecimento do feminino e da percepção de que nós, mulheres, ao lado de muitos homens sensíveis, somos força, abnegação e solidariedade.

Acreditamos que esta foi a primeira de muitas outras possíveis ações da Comunidade Morada da Paz com a Ocupação Mulheres Mirabal e aproveitamos para manifestar nosso apoio a esse importante espaço de acolhimento e projetos dedicado às mulheres em situações de vulnerabilidade. Afinal, precisamos cuidar uma das outras. Um cuidado que, como dizem as entidades que nos guiam, nos foi negado ao longo do tempo. Precisamos aprender a recuperar esse cuidado.

Gratidão a todas aquelas que lá estavam. Que a força do amor, da abnegação, da esperança e da solidariedade se manifeste em nós a cada momento de nossa existência. Que sejamos todas mariposas – povoando o mundo com delicadeza, suavidade, resistência e luta.

Chuva de Luz!!

%d blogueiros gostam disto: