Nossa História

A CoMPaz é uma Comunidade Kilombola Espiritual, Ecológica, Sustentável, fundada em 2003 por mulheres e homens que migraram da região metropolitana de Porto Alegre para a área rural do Distrito de Vendinha, no município de Triunfo/RS, com o intuito de promover a sustentabilidade ambiental como caminho para uma melhor qualidade de vida. A CoMPaz foi reconhecida Kilombola pela Fundação Cultural Palmares, conforme publicação no Diário Oficial da União de 20.05.2016, Portaria no.104 de 16.05.16. O Kilombo realiza um trabalho de recuperação da sabedoria ancestral africana e afro-brasileira, e nesse momento percebe a necessidade de sistematizar toda essa gama de saberem amealhados nessa caminhada para prosseguir a sua missão comunitária.

É um território negro feminino, pois a grande maioria das moradoras são mulheres que salvaguardam a cultura matricial de seu povo. Suas histórias de vida subvertem uma memória histórica de discriminação em função de raça, gênero e classe social porque em seu território reconstroem essa memória a partir das atividades de cuidado que pauta sua organização, suas estratégias educativas e de sustentabilidade.

Como modo de fazer-se presente nas discussões e práticas políticas referente às comunidades kilombolas, a CoMPaz possui representação no Conselho de Desenvolvimento e Participação da População Negra do Rio Grande do Sul  (CODENE), representando os kilombolas e as populações negras de Triunfo. Trata-se de um espaço político no qual as demandas e as questões Kilombolas e da população negra são levadas para dialogar conjuntamente sobre os encaminhamentos de tais questões. O CODENE é um espaço que permite o encontro com outros povos kilombolas e, nesse sentido, possibilita preservar e fortalecer mutuamente a fonte sagrada de sua ancestralidade e o agir político.

Atualmente a CoMPaz desenvolve os seguintes projetos:

  • Omorodê Ponto de Cultura da Infância tem como eixo a etnoludicidade e o brincar em comunidade, recuperando a harmonia e a integração entre anciões e crianças. No ponto de cultura temos três ações principais:  a Colônia de férias, a Cadeira de Leitura e o Brincando CoMPaz. A Colônia é um evento voltado para a infância e a juventude, onde a comunidade disponibiliza vivências e oficinas para a que tenham uma experiência prática do jeito de ser e viver dentro de uma comunidade Kilombola; a Cadeira de Leitura é um evento para desenvolver o gosto das crianças e jovens pela leitura e pela cotação de história; e, por fim, o Brincando CoMPaz é um momento que trazemos as brincadeiras tradicionais Kilombolas paras as escolas.
  • Ipadê da Juventude, projeto voltado às atividades culturais e educacionais com os jovens do kilombo e seu entorno. O Ipadê da Juventude é dedicado aos adolescentes para fomentar diálogos e vivências que conectem os saberes tradicionais às linguagens tecnológicas e contemporâneas dos jovens.

Das ações que visam a sustentabilidade do território, destacamos:

  • Oju Ayie, projeto voltado ao cultivo agroecológico e agroflorestal dentro do kilombo;
  • Oju Omio lle, projeto voltado ao saneamento ecológico comunitário;
  • Uciriri Construindo juntos, tendo como foco o desenvolvimento de técnicas de bioconstrução;
  • O Apoiwa CoMPaz é o braço empreendedor comunitário, presente nas feiras dentro e fora do território CoMPaz, onde são oferecidos produtos artesanais do kilombo, como brinquedos, roupas e alimentos.

Das vivências ritualísticas que ocorrem na CoMPaz destacamos:

  • Labirinto dos 7 caminhos, voltado ao autoconhecimento;
  • Terreiro de Chão Batido, celebração da força ancestral dos povos originários;
  • Okan llu, voltada a celebração da divindade Ayan, que rege o som e a musicalidade;
  • Vivência Kilombola, onde ocorre a partilha de saberes e fazeres com escolas das regiões metropolitanas.

Esses projetos têm como fio condutor a Pedagogia do Encantamento e Ekonomia do Afeto. Essas denominações referem-se ao modo como os adultos se educam e educam as crianças e os jovens no território, aos princípios pedagógicos que regem as práticas educativas e ao modo como organizam as estratégias de sustentabilidade da CoMPaz.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: